Livro ‘Vegan Yoga: O Ashtanga Yoga de Patanjali sob a Perspectiva Vegana’ será lançado amanhã, em SP

Livro ‘Vegan Yoga: O Ashtanga Yoga de Patanjali sob a Perspectiva Vegana’ será lançado amanhã, em SP

No livro Vegan Yoga: O Ashtanga Yoga de Patanjali sob a Perspectiva Vegana , Oberom trata de dois temas de grande utilidade para a humanidade, para os animais e para o planeta: Yoga e Veganismo. 

Em última análise Yoga é a união da “centelha” (a alma humana) com a “chama”, a superalma (ou Realidade Divina). Para que isso aconteça todo um sistema de preceitos éticos devem ser praticados. Posturas físicas e respiração auxiliam o processo. O Yoga nasceu na Índia, mas está hoje bastante difundida por todo o Ocidente.

Desde sempre o vegetarianismo foi condição sine qua non para a verdadeira prática do Yoga, sendo parte substancial de seus primeiros passos por assim dizer. Tradicionalmente o Yoga é dividido em oito partes, sendo as duas primeiras destinadas a prover ao candidato uma base moral para o treinamento do Yoga. Na primeira dessas partes, temos já o preceito que está indissoluvelmente ligado ao vegetarianismo, que é a abstenção da violência de qualquer tipo (ahimsa em sânscrito). Não significa apenas não matar, mas não infligir voluntariamente algum dano, sofrimento ou dor a qualquer ser vivo, por palavras, pensamentos ou ações. Significa o mais alto grau de inofensividade. Alimentar-se de uma forma que não cause violência ou malefício a nenhum ser vivo é um dos requisitos de ahimsa. O vegetarianismo, não por acaso, está indissoluvelmente ligado à prática do Yoga e não por acaso a Índia, berço do Yoga, é também um país tradicionalmente vegetariano. Na Índia vegetarianismo era sinônimo de lactovegetarianismo e ainda o é em grande medida, embora isso comece a mudar.

O autor deste livro faz bem em intitulá-lo Vegan Yoga, pois pela maneira como as vacas são tratadas, o leite não pode mais figurar na lista de alimentos que não implicam sofrimento ou dano a um ser vivo, se é que algum dia implicou. Muito antes, pelo contrário, as vacas talvez sejam os seres que mais sofram ao longo de sua vida.

LANÇAMENTO

  • Quarta-feira, 17 de Dezembro – 18h
  • LIVRARIA CULTURA – CONJUNTO NACIONAL (Loja de Artes – Mezanino)
  • São Paulo – SP
  • Sessão de autógrafos com o autor, Oberom

VER MAPA

 

10430913 816513461746636 4367975605625662109 n

Fonte: Livraria Cultura

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.