Lulus-da-Pomerânia vítimas de maus-tratos são resgatados em criadouro no Barreiro, em Belo Horizonte, MG

Lulus-da-Pomerânia vítimas de maus-tratos são resgatados em criadouro no Barreiro, em Belo Horizonte, MG
Animais foram encontrados em situação de maus-tratos no Barreiro, em Belo Horizonte. Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Sujos, com pelos embolados e pouco alimentados, trinta e nove cães da raça lulu-da-Pomerânia foram resgatados em situação de maus-tratos em um canil na região do Barreiro, em Belo Horizonte, na última quinta-feira (2). O espaço era usado por um homem para garantir a reprodução dos animais com o intuito de comercializar os filhotes. A atividade acontecia desde o ano passado.

Após a batida na quinta-feira, agentes da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Contra Fauna recolheram os cães e os destinaram para que recebam cuidados. A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) também autuou o suspeito responsável pela criação.

A situação de maus-tratos, segundo policiais, foi constatada no espaço onde os animais eram criados. Nos cômodos do imóvel foi detectado que os cães viviam em meio a fezes e urina. A oferta de água e de ração não era suficiente para os 39 cães. As infrações foram constatadas após uma denúncia, que alertou para a existência de um canil clandestino no imóvel em questão no Barreiro.

“Segundo apurado, a atividade comercial de compra, venda e reprodução de cães, sem respeitar a condição de bem-estar dos animais, acontecia há cerca de um ano”, informou a corporação.

Por Lara Alves

Fonte: Itatiaia

Você faz questão de um cão de raça? Pense duas vezes…

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.