Lush relança champô e apela ao fim do teste de cosméticos em animais

Lush relança champô e apela ao fim do teste de cosméticos em animais

A marca relançou o seu champô em barra topo de vendas mundiais, chamado New, para encorajar os consumidores a apoiar a campanha global da Humane Society International para banir o teste de cosméticos em animais e a comercialização de cosméticos que o façam.

A nova versão do champô em barra (8,95 euros) está adornada com a mensagem da campanha ‘Be Cruealty Free’ e apela para que as pessoas assinem o seu compromisso de ‘ser livre de crueldade’ em www.endanimaltesting.org.

Segundo a Lush informa em comunicado enviado às redações, “estima-se que todos os anos, por todo o mundo, 500 mil animais sofrem e morrem em testes de segurança de cosméticos cruéis e ultrapassados. Coelhos, porquinhos-da-Índia, ratos e ratazanas são os animais mais frequentemente utilizados para testar cosméticos, e podem ser sujeitos a gotas de químicos de cosmética vertidas nos olhos, espalhadas sobre a pele depilada, ou alimentados à força por via oral em doses enormes, até letais.”

A Lush, que há muito luta contra os testes em animais, “acredita que a forma mais eficaz e humana de testar a segurança dos ingredientes e dos produtos finais é através de testes modernos, sem recurso a animais, e um painel de voluntários humanos”.

Desta vez uniu-se à Humane Society International, uma das maiores organizações de proteção dos animais do mundo que existe há mais de 25 anos, para celebrar os animais e confrontar a crueldade em todo o mundo.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.