Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama, PR

Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama, PR
Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama

No âmbito da Operação Protetor/MJSP, durante a Semana Nacional do Meio Ambiente, policiais ambientais de Umuarama realizaram a apreensão de um macaco-prego que estava sendo mantido em cativeiro.

Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama
Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama

A apreensão ocorreu na cidade de Terra Roxa, região de Umuarama, após uma denúncia. O primata que é nativo da fauna silvestre brasileira foi encontrado acorrentado com uma coleira, em uma residência, na tarde desta quarta-feira (05).

Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama
Macaco-prego mantido em cativeiro é apreendido pela Polícia Ambiental na região de Umuarama

Por não possuir autorização legal para a criação do primata, o responsável recebeu um Auto de Infração Ambiental (AIA), no valor de R$ 500,00.

Criação de Animais Silvestres

Seja em residências ou em criadouros habilitados, quem tem interesse em manter animal silvestre precisa seguir regras específicas. O Ibama explica os procedimentos para obter autorização e também alerta para o risco à saúde pública quando a criação é feita de maneira ilícita ou inadequada.

Para manter animais silvestres em residência, estes deverão ser adquiridos em locais autorizados pelo órgão ambiental estadual e oriundas de criadouros legais. É preciso também apresentar um protocolo que garanta a segurança no manuseio dos animais e adoção de medidas para manter um ambiente adaptado.

Existe ainda a hipótese de criadouros devidamente autorizados receberem animais silvestres, vítimas de maus-tratos e que não podem voltar à natureza por sequelas em acidentes, como atropelamento em uma rodovia. Os Centros de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas), vinculados ao Ibama, também podem abrigar os bichos da fauna brasileira para recuperá-los. As mais de 20 unidades espalhadas pelo país recebem por ano, em média, 50 mil animais. Cerca de 60% são devolvidos à natureza.

Conscientização

Quem mantém animais silvestres sem permissão e tenha adquirindo-os de forma clandestina, pode entregá-lo espontaneamente ao Ibama mais próximo e, conforme a legislação, não ser responsabilizado.

Se alguém suspeitar de venda, criação, reprodução de animais silvestres de maneira ilegal, pode ajudar os órgãos de fiscalização a combater as práticas. O Ibama recebe denúncias pelo canal Linha Verde, no telefone 0800-618080.

O que diz a legislação

Acesse aqui o Decreto 6514/08 que dispõe sobre as infrações e sanções administrativas ao meio ambiente, bem como estabelece o processo para apuração destas infrações.

Por Vinícius Azevedo

Fonte: Umuarama News