Madri aprova medida que permite acesso de cães a metrô

Os tutores dos cachorros que vivem em Madri têm um motivo para comemorar: a partir desta quarta-feira, a capital espanhola permite o acesso destes animais à rede de metrô, na qual poderão viajar sem custo adicional junto com seus tutores.

Os cachorros podem se movimentar sob a terra, junto com seus donos, sempre que estejam no último vagão do trem, usando coleira com um extensão inferior a 50 centímetros, focinheira, estejam corretamente identificados através de um microchip e respeitem a limitação horária estabelecida.

Além disso, cada viajante só transportar um cachorro e em nenhum caso será possível utilizar as escadas rolantes das estações de metrô.

O acesso não é válido na hora do rush, quando há a maior afluência de viajantes, embora durante os fins-de-semana, feriados e nos meses de julho e agosto o acesso será livre.

Em caso de descumprimento dos requisitos, estão previstas multas de até 200 euros (cerca de US$ 223 no câmbio atual).

Além disso, o metrô de Madri iniciou uma campanha informativa para explicar as condições de acesso destes animais à rede de transporte ferroviário.

Até agora, os animais domésticos não poderiam entrar no metrô da capital espanhola, com exceção dos cães-guia.

Madri se equipara agora, desta maneira, a cidades como Berlim, Lisboa, Bruxelas, Londres e Barcelona, que neste último caso permite o acesso de cachorros desde 2014.

Fonte: UOL

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.