Mais de 1.600 baleias foram caçadas em 2013

A caça às baleias, uma espécie protegida por uma moratória sobre a caça comercial em vigor desde 1986, atingiu em 2013 a quantidade de 1.645 indivíduos, segundo a Comissão Baleeira Internacional (CBI).

Alguns países não reconhecem a moratória (Noruega, Islândia, Rússia), outros têm cotas com base na caça aborígene para algumas comunidades (Groenlândia, Alasca, Sibéria, São Vicente e Granadinas) e o Japão alega que captura exemplares por motivos científicos, o que foi negado este ano pela Corte Internacional de Justiça (CIJ).

Capturas de baleias em 2013:

  • Noruega: 594 (caça comercial, objeção à moratória)
  • Japão: 417 (caça científica)
  • Dinamarca (Groenlândia): 201 (caça aborígene)
  • Islândia: 169 (caça comercial, objeção à moratória)
  • Rússia: 128 (caça aborígene)
  • Estados Unidos (Alasca): 57 (caça aborígene)
  • São Vicente es Granadinas: 4 (caça aborígene)
  • Canadá: 3 (não integrante da CBI)
  • Coreia do Sul: 75 capturas acidentais (dado de 2012)
  • Indonésia: número desconhecido.

Fonte: Estado de Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.