PI tartarugad

Mais de 100 filhotes de tartarugas são soltos no litoral piauiense

Mais de 100 filhotes da espécie conhecida como tartaruga-de-pente foram soltos na praia Pedra do Sal, no município de Parnaíba, no último dia 28. A desova era acompanhada por equipes do projeto Biomade, que monitoravam os ninhos e presenciaram o primeiro nascimento da temporada, do animal marinho ameaçado de extinção. Ao todo 127 filhotes foram soltos no litoral piauiense. 

Na semana passada, uma ação simultânea realizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceira com organizações não governamentais da região, como a Comissão Ilha Ativa (CIA), Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), Instituto Tartarugas do Delta (ITD), além dos moradores das comunidades da região monitoraram o peixe-boi marinho no litoral do Piauí.

Durante três dias, as equipes foram divididas em 12 trechos de praias nos municípios de Cajueiro da Praia e Luís Correia. O monitoramento simultâneo teve como objetivo estimar o número de animais marinhos da espécie, entre adultos e filhotes, o agrupamento de indivíduos, bem como a presença de atividades humanas como embarcações, banhistas e outros.

“A divisa dos estados do Piauí e Ceará é extremamente importante para a biodiversidade marinha, pois abriga diversas espécies ameaçadas de extinção, como o peixe-boi marinho. Assim, todo empenho que possa aumentar o conhecimento sobre a espécie na região e a parceria entre instituições e comunidades para a proteção deste mamífero, bem como o ecossistema é de grande importância”, comenta a bióloga Kesley Paiva.

As atividades de observação aconteceram em pontos fixos e pelo menos, dois peixes-bois foram avistados na praia da Carnaubinha, em Luís Correia. O número total de animais da espécie catalogados ainda serão divulgados.

Fonte: Cidade Verde

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.