Mais de 30 galos de rinha são apreendidos em MT e tutor consegue fugir

Mais de 30 galos de rinha são apreendidos em MT e tutor consegue fugir
Apreensão foi feita pelo Juizado Volante Ambiental e a Polícia Militar. — Foto: PM-MT/Assessoria

O Juizado Volante Ambiental e a Polícia Militar apreenderam 32 galos e galinhas em um barracão localizado em uma chácara na região da Vila Paulista, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. O proprietário do local conseguiu fugir.

Também foram apreendidos 38 gaiolas, remédios, seringas, protetor de esporas e biqueiras. Todo material foi encaminhado ao pátio da 2ª Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental e as aves apreendidas serão destinadas a cuidadores que assumirão o compromisso de zelar pelo bem-estar delas para que tenham qualidade de vida natural, compatível com a sua espécie.

Por se tratar de aves que são treinadas para o combate, não podem permanecer juntas e, portanto, serão destinadas apenas duas espécies para cada cuidador, com orientação para que jamais fiquem no mesmo local. Ainda faltam sete aves para serem destinadas, que por enquanto estão na delegacia.

A juíza do Juvam de Rondonópolis, Milene Beltramini, explicou que a prática da atividade de rinha de galo é uma agressão ao meio ambiente, em específico à fauna doméstica, e tem previsão penal no Artigo 32, da Lei Federal nº 9.605/98, pois configura maus-tratos.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.