MACAU passeata lei animais

Mais de dois mil na rua em prol dos animais em Macau

A associação de Protecção de Animais Abandonados de Macau (APAAM) voltou no sábado a sair à rua, com uma marcha em que pediu ao Governo que avance, o mais rapidamente possível para a aprovação da Lei de Protecção dos Animais.

Mais de dois milhares e meio de participantes caminharam de forma ordeira até à Assembleia Legislativa, num protesto em que participaram também alguns animais de estimação.

Em declarações ao PONTO FINAL Antonieta Manhão, da direcção da APAAM, lembrou que

o protesto serviu sobretudo para pedir a aprovação, a título prioritário, da proposta de Lei de Protecção dos Animais, de modo a combater o que a associação considera ser o flagelo do abandono e dos maus tratos.

A coordenadora do organismo recordou que a proposta de lei se encontra em fase de apreciação pelos deputados já desde Outubro de 2015. Até ao final da semana, a APAAM espera ter uma resposta por parte do Governo à carta que entregou a pedir a aprovação da Lei.

Em relação ao ultimato lançado pela ANIMA para um debate relativo ao futuro do Canídromo, Antonieta Manhão defendeu que o organismo que representa “não tem nada a dizer”, mas sublinhou que as duas associações estão do mesmo lado da barricada: “ Somos duas Associações que trabalhamos para o mesmo fim, proteger os animais. Se a ANIMA está a fazer um abaixo assinado para fecharem o Canídromo, acho bem porque é para o bem dos animais”, rematou a coordenadora da APAAM.

Fonte: Ponto Final / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.