Mais de mil animais foram adotados nas feiras realizadas pela Prefeitura de Pato Branco, PR

Mais de mil animais foram adotados nas feiras realizadas pela Prefeitura de Pato Branco, PR

Pato Branco chegou à marca de mil animais adotados nas feiras promovidas pela Prefeitura e que acontecem desde 2014. No último sábado, dia 15, aconteceu a 27ª edição do projeto, que contou com a realização da Secretaria Municipal de Meio Ambiental e apoio do Conselho Municipal de Proteção dos Animais (Compato), da Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas e do Posto Gabriel. Na ocasião, 30 cães e gatos foram adotados.

O milésimo animal a ganhar um novo lar foi a Cacau, que desde o último final de semana, além do novo nome, também ganhou uma nova família. Ela aceitou a Gabriela Bolzan Ferraz como dona desde o primeiro instante, retribuindo o carinho da menina de 09 anos, com gestos de ternura e cumplicidade.

“Assim que chegamos à Feira, a Gabriela já se identificou e escolheu a Cacau. Foi um momento muito especial, pois desde o primeiro momento a cachorrinha já passou a reconhecer minha filha como dona, se aconchegando nos braços dela, até que pegou no sono, tranquila, pois a espera tinha acabado”, conta Danieli Bolzan da Silva Ferraz, emocionada.

Daniela relata que adotar um animal que já esteve em situação de risco foi uma experiência muito especial para a família. “Estamos muito felizes, curtindo essa nova fase. A Cacau está recebendo todo amor, carinho e cuidado, pois foi muito esperada por todos nós. Recomento às pessoas para que adotem, sim, pois é recompensador fazer e sentir o bem. Afinal, a todo momento somos presenteados com o sentimento de gratidão emanado pelo animal”, revela.

Aliás, a ideia de adotar foi da própria Gabriela, que não aceitou “comprar um ser vivo”, como recorda o pai, Ivan Miguel da Silva Ferraz. “Nossa filha estava se sentindo sozinha e queria um animal de estimação. No primeiro momento, cogitamos comprar um cachorro, mas a Gabriela não quis, sendo enfática de que um ser vivo não pode ser vendido. Então, motivados por ela, resolvemos adotar”, completa Ivan, orgulhoso pelo gesto da filha.

As feiras 

A cada edição da Feira, os cães e gatos disponíveis para adoção são resgatados das ruas ou encontram-se em situações de risco. Atualmente, as feiras estão sendo promovidas mensalmente e, em paralelo, ações de conscientização sobre o cuidado e o respeito com os animais estão sendo promovidas pelo Município, com apoio de ONGs de proteção e que praticam acolhimento de animais.

“Hoje, podemos dizer que Pato Branco está dando um verdadeiro exemplo quanto à conscientização sobre o acolhimento e bem-estar de animais abandonados. Além disso, a população compreendeu que abandonar ou maltratar animais é crime. A população está unidade em prol desta causa e, ao chegarmos a mil animais adotados, celebramos este momento único para a nossa cidade”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani.

As feiras realizadas pelo Município iniciaram em 2014 e, desde então, oportunizaram a adoção de 1.002 animais em Pato Branco. Após adotados, eles são castrados e chipados, gratuitamente, pelo Programa Municipal de Controle Populacional de Animais de Rua.

O Programa de castração e chipagem, que também iniciou em 2014, atendeu cerca de 2 mil cães e gatos com o procedimento cirúrgico. No início das ações, a iniciativa contou com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente e, hoje, os investimentos são da Secretaria Municipal de Meio Ambiental.

Fonte: Veja Pato Branco 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.