Mata Ciliar recebe irara atropelada na rodovia Edgard Máximo Zambotto (SP), com 19 projéteis de arma de chumbo em seu corpo

Mata Ciliar recebe irara atropelada na rodovia Edgard Máximo Zambotto (SP), com 19 projéteis de arma de chumbo em seu corpo

A crueldade humana com animais silvestres não tem limites e, nesta quarta-feira (6), mais um caso criminoso chegou ao Cras da Mata Ciliar, quando um munícipe trouxe uma irara macho adulto, já em óbito, após ter sido atropelado no KM 49 da rodovia Edgard Máximo Zambotto. Entretanto, durante a necropsia, nossa equipe observou algumas lesões suspeitas em seus membros traseiros, sendo levado imediatamente para o raio-X, onde foi constatado que o animal havia sido vítima de caça com arma de chumbo, totalizando 19 projéteis em seu corpo, que prejudicaram sua mobilidade e o tornaram suscetível ao atropelamento.

“As lesões indicaram que a causa da morte foi o atropelamento, mas quando estava sentindo o animal, percebi uma lesão na coxa e que tinha algo debaixo da pele, por isso pedi pelo raio-x que ajudou a localizar os projéteis. Pela característica da cicatrização, é possível que os disparos tenham acontecido há alguns meses, porém, havia um projétil alocado na articulação do joelho, que estava com um hematoma, então, provavelmente, quando ele andava ou corria, esse projétil o machucava, podendo atrapalhar em suas atividades naturais”, explica Lívia de Oliveira Andrade, médica veterinária patologista da Mata Ciliar.

Maus-tratos aos animais é crime! Se presenciar, denuncie!

MATA CILIAR

A Associação Mata Ciliar (AMC) é uma entidade sem fins lucrativos declarada de Utilidade Pública Federal e que desde 1987 desenvolve diversas ações para a conservação da biodiversidade.

Durante esse período foram diversos desafios enfrentados e conquistas alcançadas sempre em parceria com instituições privadas, poder público e com a sociedade.

Por Aline Pagan

Fonte: Atibaia News