Betina Humeres / DC

Maus-tratos aos animais serão denunciados na delegacia de Lages, em SC

A partir de agora, todos os casos de maus tratos aos animais terão que ser denunciados na Delegacia Regional de Lages para que a equipe da Proteção Animal faça verificação da situação.

A delegada Luciana Rodermel ficará responsável pela investigação a partir do boletim de ocorrências, que pode ser feito direto na delegacia ou no site da Polícia Civil. Depois do recebimento do B.O, a Proteção Animal deve agir em até 48 horas úteis, exceto em situações em que a vida do animal esteja em risco. Será expedido um relatório, tanto fotográfico como por escrito, e encaminhado à delegacia para que o caso seja julgado e penalizado. A medida teve que ser tomada porque, segundo a assessora de governo do setor de Proteção Animal, Araceli Hammann, muitas informações que chegavam até eles eram falsas:

– Na maioria das vezes, a cada 10 denúncias, nove não eram verdadeiras. Ou a gravidade relatada não era constatada na visita ao local. Eram casos até de brigas entre vizinhos, que resultavam em acusações infundadas. Isso dificultava muito o nosso trabalho, pois perdíamos tempo enquanto denúncias mais graves iam ficando para depois. Por telefone não temos como saber a real situação. Atualmente quem é pego praticando maus tratos aos animais tem um prazo para resolver o cenário. Só depois que a equipe verifica que o bicho está seguro, em um ambiente limpo e bem tratado, o caso é devolvido  à delegacia para que seja elucidado e também para que o juiz defina se o dano causado é passível de punição, ou não.

Por Eduarda Demeneck

Fonte: NSC Total

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.