Milhares de tartarugas quase foram contrabandeadas para fora da Índia para serem comidas

Milhares de tartarugas quase foram contrabandeadas para fora da Índia para serem comidas
Fotos: Twitter/upcoprahul

As vidas de 6.430 tartarugas indianas protegidas foram resgatadas de contrabandistas de animais selvagens na Índia esta semana – a maior apreensão desse tipo na história do país.

Autoridades da Força Tarefa Especial da Polícia de Uttar Pradesh descobriu a enorme quantidade de tartarugas durante uma batida policial. Elas estavam empilhadas dentro de sacos e parcialmente colocadas dentro de um caminhão que iria para a fronteira oriental da Índia.

De lá, as tartarugas provavelmente seriam contrabandeadas através dos países do sul da Ásia, onde sua carne e ossos são tradicionalmente usados por suas supostas qualidades medicinais.

O chefe da Força Tarefa, Arvind Chatuverdi, disse que uma pessoa, que acredita-se ser o líder dos caçadores, foi presa. A investigação ainda está em andamento, mas a recuperação desta quantidade de animais é algo sem precedentes.

“As autoridades de vida selvagem confirmaram que esta é a maior apreensão da história deste país, tanto em termos de números como de peso – 4,4 toneladas”, Chaturvedi contou ao jornal AFP.

As tartarugas Flapshell indianas atualmente não estão listadas como ameaçadas, mas considerando a escala na qual elas estão sendo roubadas da natureza, as autoridades dizem que isso logo poderá mudar. Felizmente, paras as milhares resgatadas durante essa apreensão ainda há esperança.

As tartarugas resgatadas estão sendo cuidadas enquanto aguardam uma ordem judicial, depois disso serão devolvidas ao seu habitat.

Para saber mais sobre as ameaças que as tartarugas enfrentam ao redor do mundo, visite o site da Turtle Survival Alliance.

Por Stephen Messenger / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.