Mini Centro de Zoonoses será instalado no Horto Florestal em Barra do Piraí, RJ

Mini Centro de Zoonoses será instalado no Horto Florestal em Barra do Piraí, RJ
Novidade foi anunciada ontem pelo prefeito Mario Esteves (Foto: Divulgação)

O Plano de Manejo para reestruturação do Horto Florestal inclui a construção de um Mini Centro de Zoonoses, devidamente equipado para realizar a castração de cães e gatos. A novidade foi anunciada ontem pelo prefeito Mario Esteves (PRB) durante uma reunião com a presidente da Associação Barrense Amigos dos Animais (Abaa), Rosemary Mattos. O abrigo mantido pela entidade, com apoio da prefeitura, também será transferido para o local.

Mario Esteves explicou que o Mini Centro de Zoonoses será instalado em um espaço reservado, em módulos separados, que não se choquem ou criem conflitos quanto à visitação. “Será equipado para fazer as cirurgias de esterilização, um local salubre, construído dentro das normas técnicas ambientais e preconizadas pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV)”, garantiu o chefe do Executivo.

No mesmo local também haverá um abrigo para os animais que atualmente são atendidos pela Abaa e vivem em um imóvel alugado, cujo valor é pago pelo governo municipal. No entanto, a área não possui a infraestrutura necessária para dar conforto aos animais e é constantemente afetada em períodos de chuva forte. O prefeito explicou que o abrigo será azulejado e bem projetado para garantir que os animais vivam em um ambiente adequado.

Para a presidente da ONG, Rosemary Mattos, a notícia foi um “grande presente”. Durante a reunião, ela apresentou ao prefeito os casos de abandono e maus-tratos aos animais – que, segundo Rosemary, tem aumentado a cada dia. Mario Esteves disse que avançará na implementação de uma política pública consolidada voltada ao cuidado da saúde e ao controle populacional dos animais de rua.

“Seguindo as diretrizes dos órgãos fiscalizadores e o que determinam as leis ambientais, vamos criar um projeto para cuidar da saúde dos nossos amigos peludos que vivem nas ruas. Os primeiros passos são a esterilização, a vermifugação e a microchipagem, entre outros cuidados, para que os animais sejam colocados, saudáveis, para adoção”, disse o prefeito.

Também participou do encontro o secretário do Ambiente, Luís Antonio Braga Grande, que alertou para a punição desses crimes contra os animais. “Nosso objetivo é montar uma rede, através de parcerias, para o combate e a fiscalização de maus-tratos aos animais. No Horto Florestal, colocaremos, além de câmeras de monitoramento, um guarda municipal para inibir possíveis casos de abandono, além do vigilante local”, reforçou.

Plano de Manejo 

Na última sexta-feira, dia 13, o A VOZ DA CIDADE publicou uma entrevista com o secretário que explicou o projeto de recuperação do Horto Florestal – uma Área de Proteção Ambiental (APA), com 136 hectares de terra. O local abriga oito nascentes de água, sendo que uma delas é responsável por parte do abastecimento do município. Luís Antonio apresentou o Plano de Manejo que está sendo elaborado e que será colocado em prática com recursos do Fundo Municipal de Conservação Ambiental, com contrapartida da iniciativa privada por meio de parcerias com empresas que causam impactos ambientais ao município e precisam fazer a compensação.

O prefeito ressaltou que o novo Horto Florestal será um local atrativo, se transformando em um ponto turístico de Barra do Piraí. “Imagine uma APA bem conservada, para os alunos das escolas municipais poderem visitar, entrar em contato com a natureza, conhecer sobre botânica, etc. Não tenho dúvida de que será um ganho para a cidade”, afirmou.

O espaço está fechado ao público e a expectativa é que seja reinaugurado no dia 5 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Fonte: A Voz da Cidade 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.