Ministério Público pede prisão de jovens por torturar e matar porcos

Ministério Público pede prisão de jovens por torturar e matar porcos

Dois jovens filmaram-se a saltar sobre leitões de escassos dias e estão a ser julgados. Quase 80 animais morreram esmagados.

O Ministério Público de Espanha acusa dois jovens espanhóis pelos delitos de maus-tratos a animais e pede pena de prisão.

D.A.A., de 19 anos, foi filmado a saltar para cima de leitões, com cerca de sete dias de vida, quando estes estavam ser levados após o desmame, numa instalação agropecuária em Huércal-Overa (Almería).

O jovem, de 19 anos, é acusado da morte “cruel e injustificada” de 79 leitões. O companheiro, de 22 anos, identificado como M.R., filnmou tudo e partilhou o vídeo através do WhatsApp. É acusado de cumplicidade.

O caso aconteceu a 7 de janeiro deste ano e chega agora a julgamento. Os jovens enfrentam uma pena de prisão que pode ir de 12 a 18 meses.

A divulgação das imagens ajudou a Guardia Civil de Espanha a identificar os suspeitos, denunciados pelo proprietário da quinta.

A morte dos 79 leitões causou um prejuízo estimado de 4740 euros, montante que o Ministério Público espanhol reclama como indemnização.

Além da indemnização e da pena de prisão, os jovens incorrem ainda numa pena de multa de 4380 euros.

Espanha ministerio prisão maustratos leitoes2

Fonte: Jornal de Notícias / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.