Modelo Kendall Jenner é comparada a Cruella de Vil por usar um casaco de pele

Modelo Kendall Jenner é comparada a Cruella de Vil por usar um casaco de pele
Kendall Jenner Kendall Jenner no centro da tempestade por usar pele de cordeiro como casaco (Instagram @ KendallJenner)

“Quantos animais você matou por esse casaco?” foi a resposta dura que Kendall Jenner recebeu semana passada, depois de postar várias fotos em sua conta do Instagram usando um grande casaco de pele animal. Isso desencadeou a fúria de milhares de seguidores, que expressaram sua indignação nos comentários de sua postagem.

A jovem de 28 anos postou quatro fotos posando com a grande peça feita de pele de ovelha Phoebe Philo tricolor, cujo custo é de US$27 mil. A publicação recebeu curtidas de 2,8 milhões de pessoas, enquanto mais de seis pessoas deixaram suas perguntas.

“Mas ela não ama os animais?”, “Ela fez um casaco com o coelho malvado (Bad Bunny)”, “Tudo o que vejo é uma menina mimada e presunçosa”, “Pena que não é falso como seu rosto”, “Moda cruel”, “Então você ama os animais, mas não hesita em ostentar usando isso? Você está se tornando tão superficial quanto o resto de sua família”, e “Ela está usando a morte”, foram apenas algumas das mensagens que chegaram à socialite, que até agora não se pronunciou.

Kendall Jenner foi criticada por usar pele de carneiro como casaco (Instagram @ KendallJenner)
Kendall Jenner foi criticada por usar pele de carneiro como casaco (Instagram @ KendallJenner)

Inclusive, alguns chegaram a compará-la com Cruella de Vil, a vilã do filme da Disney, ‘101 Dálmatas’, que era conhecida por usar casacos de pele de cachorros. Jenner esteve de férias em Aspen, junto com Justin Bieber e sua esposa Hailey, com quem compartilhou sua própria marca de tequila 818, que também foi destacada na publicação.

Não é a primeira vez que ela é criticada por maltratar animais, pois em 2020, ela foi acusada de supostamente violentar seu cão Doberman Pinscher, pois ele estava usando uma coleira semelhante às usadas como punição, aquelas que têm pontas e são dolorosas para esses animais de estimação.

Este tipo de colar foi classificado pela Sociedade Protetora dos Animais dos Estados Unidos como “aversivo” porque belisca a pele com os elos metálicos em forma de presa ou pontas. São usados por muitos donos como uma maneira pouco amigável de treinar seus cães.

Este ano, Kendall fez parte da campanha de inverno 2023 da estilista Stella McCartney, que usou cavalos nos anúncios e foi quando a irmã de Kim Kardashian revelou que os equinos são alguns de seus animais favoritos: “Os cavalos têm uma força que é quase difícil de entender para os humanos, e embora eu não possa me comunicar diretamente com eles, sinto que aqueles que cuidei sempre me emprestaram essa força”.

Ela não é a única que esteve envolvida nessas críticas, pois Kim também foi vaiada por usar peles de animais, a ponto de, em 2017, a atriz Pamela Anderson, que é ativista da PETA, presenteá-la com um casaco de pele falsa da marca Only Me, para que, com sua influência no mundo da moda, ela apoiasse o consumo de peles falsas de animais e a moda livre de crueldade.

Por Marian Chávez

Fonte: Metro

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.