Morador denuncia bilhete com ameaça a pit bull por latir a noite toda: ‘Quem sabe acorde envenenado’

Morador denuncia bilhete com ameaça a pit bull por latir a noite toda: ‘Quem sabe acorde envenenado’

Um morador de Botucatu (SP) registrou um boletim de ocorrência depois de encontrar um bilhete com uma ameaça ao seu cachorro da raça pit bull na manhã de segunda-feira (16). No recado, estava escrito que o animal não deixava ninguém dormir pois latia a noite inteira e que por isso ele poderia ser envenenado.

De acordo com o registro policial, Marcos Rocha relatou aos policiais que mora com o Thor, de 8 anos, na casa na Vila Nova Botucatu há três anos.

Na manhã de segunda-feira, segundo relato do morador à polícia, ele verificou a caixa de correio e encontrou um bilhete escrito à mão, em tom ameaçador, reclamando do comportamento do cachorro.

“Seu cão late a noite toda e a madrugada também, não deixando ninguém dormir. Isso é uma falta de respeito! Favor tomar todas as providências ou quem sabe seu cão acorde envenenado”, dizia o bilhete.

Morador denuncia bilhete com ameaça para cachorro por latir a noite toda em Botucatu. — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Rocha

O dono do Thor contou ao G1 que suspeita que o bilhete seja de algum vizinho que se mudou recentemente para o bairro, pois nos três anos que mora naquela rua, nunca teve reclamações sobre o cachorro. 

Morador disse que nunca teve reclamações sobre o cachorro nos 3 anos que mora no bairro. — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Rocha

Marcos também disse que trabalha durante a noite, mas que a esposa e a filha de 10 meses não têm problemas para dormir por causa do cão, que fica no quintal na frente da casa. Segundo o dono, Thor tem atitudes “normais de cachorro”.

Segundo dono, cão fica no quintal e tem atitudes “normais de cachorro” — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Rocha

“Ele tem atitudes de cachorro normal. Se alguém chegar no portão, ele vai latir. Tem uma pista de skate aqui na rua, se passa alguém de skate, ele vai latir”, comenta o morador.

O boletim de ocorrência foi registrado por ameaça e a Polícia Civil informou que vai investigar o caso para tentar encontrar o autor do bilhete.

Segundo o titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Celso Olindo, se o vizinho for identificado e a vítima decidir representar contra ele, o autor poderá sofrer penalidades.

Polícia Civil informou que vai investigar o caso para tentar encontrar o autor do bilhete (Botucatu) — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Rocha

Por Júlia Nunes, colaborou sob supervisão de Mariana Bonora.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.