Morador denuncia demora do CCZ em atendimento a cão ferido em Americana, SP

Cão ferido por um corte teve que esperar por seis horas pelo atendimento de profissionais do CCZ no bairro Profilurb.

Um cão ferido por um corte teve que esperar por seis horas pelo atendimento de profissionais do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), na sexta-feira (19), no bairro Profilurb, em Americana. A denúncia foi feita ao LIBERAL por um motorista de 39 anos, morador do bairro.

Segundo ele, por volta das 14h, moradores encontraram o animal sangrando, com um corte na barriga, e ligaram ao CCZ para pedir atendimento ao vira-lata, conhecido como “Cachorrinho do Zanaga”. “O Zoonoses não veio recolher o animal. Disseram que não tinha veículo”, contou o motorista, que preferiu não se identificar.

Ao LIBERAL, ele relatou que sugeriu buscar um funcionário do Centro para trazê-lo ao animal, com os equipamentos necessários, mas o CCZ recusou. O atendimento só ocorreu por volta das 20h. “O corte era muito grande. A gente não sabe se ele foi esfaqueado”, contou o morador.

O motorista disse que um grupo de moradores deverá fazer um boletim de ocorrência contra uma funcionária do local na segunda-feira. O LIBERAL ligou no CCZ na tarde de sábado (20) para que alguém explicasse a demora, mas foi informado por um funcionário que só seria possível falar com um responsável na segunda-feira.

Fonte: O Liberal

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.