Morador é denunciado por maus-tratos a animais em Carmo do Paranaíba, MG

Morador é denunciado por maus-tratos a animais em Carmo do Paranaíba, MG

Um morador foi denunciado na tarde desta quinta-feira (09), por maus tratos a animais em Carmo do Paranaíba. Os cachorros ficavam o dia todo amarrados em um poste de metal debaixo do sol, sem água e sem comida.

De acordo com informações o morador da rua Eduardo Braz, bairro Paraíso amarrava os dois cachorros em um poste utilizado para sinalização. Os animais ficavam por longos períodos sem água e sem alimentação.

Segundo informações este fato aconteceu nos últimos dois dias. Os cachorros eram retirados do imóvel de manhã e em seguida eram amarrados no poste e ali permanecia o dia todo. À noite eles eram retirados e ficavam dentro da casa.

Pessoas que ali passavam reclamavam do mau cheiro devido o acúmulo das fezes dos animais no local. Os moradores vieram de outra cidade e trouxeram os animais. A casa é muito pequena e não tem um local para os cães ficaram.

Na residência mora apenas um casal. Alguns moradores compadecendo da situação dos animais resolveram acionar o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento, Pedro Paulo.

O secretário ciente da situação se deslocou até o local e em conversa com o morador o mesmo se comprometeu a levar os animais para uma fazenda próxima de Carmo do Paranaíba.

Lei de Crimes Ambientais – Lei 9605/98 | Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Por André Amâncio

Fonte: Patos Agora

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.