SC araquari Cadelinha-de-Araquari-468x312 thumb

Moradora denuncia que maus-tratos continuam em Araquari (SC) e lei de destinação do IPTU não está sendo cumprida

SC araquari Cadelinha-de-Araquari-468x312

Na última segunda-feira, a moradora Josiane José, de Araquari, fotografou mais um animal que está abandonado e sofre com ferimentos. Josiane, que já tem sete cachorros adotados em casa, conta que faz sua parte recolhendo e tratando os animais que estão abandonados, mas por conta de espaço, ela não tem condições de abrigar ainda mais.

O animal que sempre aparecia na rua em que mora, ontem foi encontrado com ferimentos graves, e Josiane acredita que ele tenha sido mordido por outro cachorro, pois estava com as orelhas bastante machucadas.

Em contato com a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) de Araquari, o órgão informou que faz parceria com a Prefeitura e com uma ONG da região que não está em fase de instalação e tem previsão de 45 a 60 dias para começar a atuar tratando dos animais de rua, segundo explicopu o diretor administrativo da Fundema, Marlon Alex Melere.

Na tentativa de resolver o caso de abandono, a leitora Josiane entrou em contato com a Frente de Ação pelos Direitos Animais (Frada), que atende em Joinville. Para Josiane, eles informaram que a Prefeitura de Araquari não entrou em contato com a Frada e que não possui nenhum tipo de contrato para o serviço de recolhimento de animais.

Segundo Ceila Menezes, voluntária da Frada Joinville e criadora do Projeto Esperança Animal Araquari (PEAA), as instituições que são mantidas pelo trabalho voluntário, não têm nenhum convênio até o momento com a Prefeitura de Araquari.

A ONG encaminha os animais para tratamento veterinário em clínicas parceiras, com custos bancados pelo próprio trabalho voluntário ou pelos moradores. Ela acredita que uma solução para o abandono seria a castração em massa, pois ações isoladas em sua opinião, não teriam efeito no controle da população animal.

Em 15 de maio deste ano, a Prefeitura de Araquari aprovou projeto que prometia dar desconto de até 50% no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) para quem adotasse um cachorro ou gato de rua. O projeto de autoria da vereadora Denise de Almeida (PMDB), tem como objetivo dar um lar para os animais que moram nas ruas de Araquari. Na época, a administração municipal estava analisando qual seria a melhor forma de colocar o projeto em prática.

Fonte: Aquarela FM / AN

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.