Moradora não constrói proteção e pela 3ª vez anta cai dentro de piscina em Campo Grande, MS

Moradora não constrói proteção e pela 3ª vez anta cai dentro de piscina em Campo Grande, MS
Anta foi resgatada de dentro de piscina em Campo Grande. Foto: Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) e o Corpo de Bombeiros resgataram nesta terça-feira (07), pela terceira vez no mesmo local, anta que caiu na piscina de uma chácara localizada nas imediações do Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande. Não é possível afirmar se o animal socorrido hoje é o mesmo das outras duas ocorrências.

Segundo nota, por conta dos casos frequentes, a proprietária chegou a ser notificada verbalmente para construir uma proteção nos arredores da piscina. No entanto, como ela não havia tomado nenhuma providência, as autoridades precisaram agir novamente, e resgataram mais um animal. 

As equipes perceberam que o bicho não apresentava ferimentos e nem outro problema de saúde e o soltaram no local. A proprietária da residência foi orientada a cercar sua piscina. No dia 20 do mês passado, a PMA e os bombeiros tinham resgatado uma anta do mesmo local. 

Dessa vez, a proprietária da chácara será notificada por escrito a tomar providência de proteção da piscina. Caso não cumpra, poderá ser autuada e processada penalmente, com base na Lei Federal, que diz: “Deixar, aquele que tiver o dever legal ou contratual de fazê-lo, de cumprir obrigação de relevante interesse ambiental; Pena – detenção, de um a três anos, e multa. Parágrafo único. Se o crime é culposo, a pena é de três meses a um ano, sem prejuízo da multa”.

Por Renan Rucci

Fonte: Midiamax

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.