Moradores de aldeia na Índia fazem crocodilo refém durante protesto

Moradores de aldeia na Índia fazem crocodilo refém durante protesto
Moradores se reuniram ao redor do crocodilo encontrado em canal de irrigação após enchente em Midania, no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia — Foto: Buffer Division of Dudhwa Tiger Reserve / AFP

Moradores de uma aldeia na cidade de Midania, no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, sequestraram um crocodilo de dois metros durante um protesto.

Segundo as autoridades, o réptil escapou de uma reserva natural próxima à cidade, na terça-feira (8), após grandes enchentes que atingiram a região.

Inicialmente, os moradores ficaram assustados após encontrarem o animal em um canal de irrigação. Porém, eles mudaram de ideia e passaram a exigir 50 mil rúpias (cerca de 570 euros, R$ 3,5 mil) para devolvê-lo à reserva, relatou o responsável pela área do Parque Natural Dudhwa, Anil Patel.

“Precisamos de horas, com a ajuda das autoridades locais e da polícia, para convencê-los a libertar o crocodilo”, disse Patel.
 

As autoridades tiveram que explicar que os moradores corriam o risco de ficar presos por até sete anos. Só então, conseguiram convencê-los a liberar animal.

“Eles não tinham ideia de que o crocodilo é um animal protegido por lei. Precisamos educar mais as pessoas sobre os animais selvagens “, afirmou Patel.

O animal foi solto no mesmo dia no rio Ghagra.

 Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.