Moradores registram mais duas mortes de animais envenenados no bairro Cidade Nova, em Ivoti, RS

Moradores registram mais duas mortes de animais envenenados no bairro Cidade Nova, em Ivoti, RS

Moradores da Rua Aloísio Finkler, no bairro Cidade Nova, voltaram a sofrer com o envenenamento e morte de animais dentro de seus pátios. Neste final de semana, mais dois cães, um macho de 8 anos e uma fêmea de pouco mais de um ano, foram vítimas de novos ataques no local.

Conforme a tutora dos animais, Natália Silva, os dois morreram na manhã do dia 1º de maio, com sinais de envenenamento, em um intervalo de menos de 45 minutos. “Só quero justiça pois criamos os bichinhos e cuidamos deles para uma pessoa sem coração chegar e fazer essa maldade, dentro do meu pátio”, destacou.

Após a morte do Cabeludo e da Kiara, a moradora registrou um boletim de ocorrência, para que a polícia investigue a situação. A causa das mortes é praticamente idêntica à de outros animais que foram envenenados na mesma rua desde o início do ano. Até o momento, ao menos 12 cães e gatos foram mortos ou sumiram neste local da Cidade Nova.

Salsichão envenenado e correria

Ainda segundo o relato de Natália, o caso aconteceu por volta das 3 horas da madrugada de sexta-feira, quando ouviu os animais latindo e bravos com alguém que estava chamando por eles. “Levantei para ver e não achei ninguém”, contou. Algumas horas depois, os animais vieram a óbito. “Pelas 7 horas, o Cabeludo deu um grito e saiu correndo. Acredito que por causa da dor. Quando encontrei ele, já estava morrendo e espumando”, prosseguiu.

Poucos minutos depois, o mesmo aconteceu com Kiara. “Ela estava chorando e não apresentava sinais de que teria sido envenenada, mas logo em seguida deu um grito igual ao outro e disparou a correr. Tentei salvar, mas infelizmente não consegui”, disse.

Assim como a maioria dos outros animais mortos na Cidade Nova, Cabeludo e Kiara morreram após contrair uma carne com suposto veneno dentro. “Depois que eles morreram, eu encontrei um pedaço de salsichão no pátio que acredito que era onde estava o veneno. Por fim perdi os dois pela maldade humana”, completou.

12 casos

O caso aconteceu há pouco mais de uma quadra onde outros 11 animais morreram no início deste ano, na Rua Aloísio Finkler. A polícia está a par da situação, e aguarda o retorno gradual das atividades devido à pandemia para prosseguir com as investigações. Conforme a polícia, já há suspeitos para a autoria dos crimes.

Fonte: O Diário

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.