Moradores repudiam ação de adolescentes que mataram um grupo de gatinhos e gravaram o crime

Moradores repudiam ação de adolescentes que mataram um grupo de gatinhos e gravaram o crime
Com pedras enormes, o grupo de jovens matou pelos menos seis gatinhos indefesos. (Imagem: captura de tela)

A desalmada atuação de um grupo de adolescentes contra um grupo de indefesos gatinhos causou repúdio entre moradores de Invercargill, uma cidade localizada ao sul de Nova Zelândia.

E não foi por menos. O grupo de jovens publicou nas redes sociais como um deles apedrejou sem piedade a um pequeno gatinho, o que fez os grupos de defesa dos direitos dos animais realizarem uma busca para localizar os responsáveis.

A gravação que foi editada para não mostrar imagens muito fortes, permite ver uma mulher lançar uma enorme pedra sobre um dos filhotes que foge do perigo, mas que depois aparece morto.

[VÍDEO RETIRADO DO YOUTUBE]

Conforme ficou conhecido, graças ao macabro vídeo que se tornou viral, Paw Justice, uma organização dedicada ao resgate de animais nesse país, conseguiu identificar aos autores da matança.

Ao menos seis indefesos gatinhos foram assassinados pelos desalmados jovens. (Imagem: Infobae)
Ao menos seis indefesos gatinhos foram assassinados pelos desalmados jovens. (Imagem: Infobae)

A polícia trabalhou em conjunto com a Sociedade pela Prevenção da Crueldade Animal local para resgatar outros três gatinhos que estavam em poder de um dos três adolescentes envolvidos no caso.

Craig Dunn, cofundador de Paw Justice, indicou que o vídeo foi um dos piores que ele já viu em sua vida.

Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Soy 502

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.