Morre boxer resgatado ao lado de cadela que morreu parindo

Morre boxer resgatado ao lado de cadela que morreu parindo

Cenário revelou crueldade humana, com animais deixados agonizando.

Por Laura Holsback

MS campogrande boxer1Andy – nome que havia sido dado ao boxer resgatado por protetora, no domingo (11), de local que, possivelmente, era usado para desova de animais, em região de chácara, no Bairro José Abrão, em Campo Grande, não respondeu ao tratamento e morreu na noite de ontem. O cão estava perto de cadela que também foi abandonada pelo tutor e paria, mas acabou não resistindo e morreu antes de ser socorrida.

Andy foi achado agonizando. Ele foi levado para clínica particular, submetido a exames e tratamento. Contudo, o caso dele era grave e acabou morrendo. Segundo a protetora Greice Maciel que ficou responsável pela internação do animal, órgãos de Andy entraram em colapso. Ele respirava com dificuldade e não respondeu aos medicamentos.

Teste de sangue deu positivo para doença do carrapato, mas veterinária que fez o atendimento suspeita de outra causa da morte. Por isso, o corpo do cão foi encaminhado para necrópsia.

No Facebook, a protetora fez apelo: “Eu imploro que quem souber pistas do covarde que o abandonou naquele terreno, bem como o que abandonou a mãezinha parindo, que entre em contato comigo ou com a Decat! Isso tem que parar! Denuncie! Vamos chegar aos criminosos! Descanse finalmente em paz, Andy! Que seu caso sirva para salvar outros Andys…”, lamentou.

De acordo com a delegada Rosely Molina, da Delegacia Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (Decat), ainda não há pistas sobre donos dos animais abandonados. “Estamos buscando pelos proprietários na região. Ouvimos um guarda. Procuramos se há câmeras perto que possam ter gravado alguma cena que vá contribuir com o nosso trabalho. Mas, ainda não temos novidades”, disse.

AJUDA

O período que o Boxer permaneceu internado gerou despesa na clínica e pessoas voluntárias que quiserem contribuir podem fazer depósito em nome da protetora Greice Maciel. Banco HSBC; Agência: 0718; Conta Corrente: 00150-41 ou Caixa Econômica Federal; Agência: 0395; Conta Poupança: 00251771-0; Operação: 013. Ainda, entrar em contato pelo telefone 98175-7609 para saber como ajudar diretamente na clínica.

Para pedir providências das autoridades policiais e o fim de maus-tratos a animais, manifestação denominada como “Marcha em Defesa Animal” está marcada para às 9h, no domingo (18), no cruzamento entre a Avenida Afonso Pena e Rua 13 de maio.

Fonte: Correio do Estado

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.