Morre cachorro resgatado amarrado em caçamba de lixo na zona norte do Rio

Morre cachorro resgatado amarrado em caçamba de lixo na zona norte do Rio
O pitbull resgatado após ser jogado em caçamba de lixo dentro de um saco plástico foi batizado de Coragem — Foto: Reprodução

O pitbull Coragem, vítima de maus-tratos e resgatado de uma caçamba de lixo na semana passada, morreu neste domingo (24). Responsável por levar o animal para a clínica veterinária onde ele estava internado, no Engenho de Dentro, e batizá-lo com este nome, o ator Thiago Gouveia pretende agora transformar em parque em sua homenagem uma praça próxima ao local onde foi encontrado, na rua Augusto Nunes, no bairro de Todos os Santos, na zona norte.

— O Parque Coragem é uma iniciativa minha para que a memória dele seja perpetuada. E que não só o bairro, mas que a cidade e o país lembrem da história do Coragem e busquem penas mais enérgicas para quem maltrata e abandona animais. Eu quero transformar a praça em um parcão, com um grafite na parede com o rosto dele, as cinzas dele e uma placa que faça referência à lei de maus-tratos — diz.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Thii Gouveia (@thiigouveia)

Relembre o caso

O pitbull havia sido encontrado uma semana antes, na noite de 17 de março, na Rua Augusto Nunes, em Todos os Santos. Um segurança da rua ouviu o choro do cão e o descobriu na caçamba. Câmeras de segurança mostraram depois que um homem parou, desceu de carro, retirou o cão da mala, envolto num saco plástico amarrado por fios, e o despejou na caçamba, indo embora em seguida.

Após a comoção gerada pelo caso, Gouveia, com ajuda de vizinhos, levou-o para uma clínica veterinária e iniciou uma campanha de arrecadação para cobrir os custos do tratamento do cachorro. A quantia que não chegou a ser gasta com Coragem foi doada a protetores de animais independentes, diz ele, que postou em sua conta no X a lista com os nomes dos beneficiados.

VÍDEO: Homem atira pitbull amarrado vivo em uma caçamba, na Zona Norte do Rio

Gouveia conta que nos últimos meses, os moradores da Rua Augusto Nunes observaram um aumento significativo dos casos de abandono de animais de estimação, com relatos sendo compartilhados em comunidades locais, grupos do Facebook e aplicativos de mensagens do bairro.

— Na nossa rua, por ser silenciosa e pacata a maior parte do tempo, a gente percebeu que tem aparecido cães abandonados com mais frequência — diz.

Suspeito responde por maus-tratos

Graças às imagens das câmeras de segurança, o homem que abandonou o pitbull na caçamba, machucado, foi identificado e intimado pela polícia. Ele prestou depoimento na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), e responde a inquérito por maus-tratos a animais, que tem pena de dois a cinco anos de reclusão.

Titular da DPMA, o delegado Wellington Vieira diz que o inquérito policial está próximo da conclusão e a morte do animal pode agravar a situação do acusado.

Por Gabrielle Lopes

Fonte: O Globo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.