Morre cachorro resgatado de tubulação de esgoto por jovem

Morre cachorro resgatado de tubulação de esgoto por jovem
Adolescente se arriscou para resgatar cão dentro de tubulação de esgoto - Reprodução

O cachorro que foi atropelado e arremessado para dentro de uma tubulação de esgoto em Lins, interior de São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu neste sábado (8) após três dias de internação.

A história do pinscher Tiquinho, de 17 anos, chamou a atenção porque um adolescente arriscou a vida entrando em uma tubulação de 60 cm de diâmetro para salvá-lo.

Resgatado com vida, o animal foi levado para um hospital veterinário onde passou por uma cirurgia de emergência.

“O carro passou por cima de seu abdome. Ele apresentava hemorragia interna e hérnia traumática. O conteúdo do abdome estava para fora, mas a pele, como não rasgou, segurou as vísceras”, explicou o veterinário Guilherme Fontana, que realizou a cirurgia.

O cachorro sobreviveu por três dias, o que surpreendeu o veterinário. Além da cirurgia, Tiquinho teve duas paradas cardíacas e precisou de transfusão de sangue. “Ele não chegava a 4 kg e tinha 17 anos. Um cachorro de pequeno porte, como ele, vive em média 15 anos. Acho que a idade pesou em ele não ter resistido”, afirma.

Moradores teriam chamado os bombeiros para a realização do resgate do animal, mas temendo que o cão fosse arrastado por um rio, o adolescente Antonio Augusto Ferreira, 14, com a ajuda do irmão e dos vizinhos, amarrou uma corda ao corpo e entrou na tubulação. O animal pertencia a um vizinho. O resgate foi bem-sucedido, mas o cachorro morreu no período pós-operatório.

Fonte: R7

Adolescente entra em tubulação de esgoto para resgatar cão atropelado; vídeo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.