Morre cadela que foi agredida a pauladas e golpes de faca em Araguari, MG

Morre cadela que foi agredida a pauladas e golpes de faca em Araguari, MG
Animal foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)

A Polícia Militar de Meio Ambiente informou que a cadela agredida a pauladas e golpes de faca pela própria tutora, na última segunda-feira (16), em Araguari, morreu nesta quarta-feira (18).

No dia da ocorrência, a proprietária do animal, de 49 anos, foi presa em flagrante pela PM de Meio Ambiente e encaminhada a delegacia.

A dona do animal assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada. Ela irá responder por crime ambiental, informou a delegada da Polícia Civil, Paula Fernanda de Oliveira. Ainda de acordo com a delegada, a pena prevista é de três meses a um ano de detenção e pode ser aumentada de um sexto a um terço.

Animal foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos
(Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)

O caso

Na última segunda-feira (16), após denúncia de maus-tratos, a Polícia Militar (PM) de Meio Ambiente foi até à residência da mulher, no Bairro Santiago, e encontrou uma cadela ferida. De acordo com a PM, o animal tinha ferimentos no tórax, olho e cabeça. A cadela foi levada para uma clínica veterinária devido à gravidade das lesões.

Segundo a polícia, a proprietária do imóvel afirmou que agrediu o animal depois que ele matou um pintinho. Populares disseram aos policias que a mulher tem problemas psiquiátricos, porém nenhum laudo médico foi apresentado à polícia.

Por Camilla Avila 

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.