Testemunhas relataram que o burro agonizou e morreu no meio da rua, após ser maltratado. Fotos: Divulgação

Morte de burro por maus-tratos em Quixadá (CE) repercute nas redes sociais; tutor é procurado

A morte de um burro nesta quinta-feira (14) em Quixadá causou indignação e revolta nas redes sociais. Populares informaram que animal, ainda muito utilizado em carroças, para transporte de pessoas e de cargas nas cidades, principalmente no Interior, foi maltratado e em seguida abandonado sob sol escaldante ao lado do estádio municipal da cidade. Pouco tempo depois, arreou no local onde foi deixado, onde agonizou até a morte.

Testemunhas, que pediram para não terem os seus nomes revelados, informaram que o burro puxava uma carroça. Exausto, o animal parou. Quando foi desatrelado da carroça, conduzida por dois jovens, o animal caiu. Eles notaram moradores do bairro se aglomerando diante do animal e resolveram sair do local, levando a carroça.

Quando os moradores começaram a se aproximar os jovens foram embora com a carroça, abandonando o animal.
Quando os moradores começaram a se aproximar os jovens foram embora com a carroça, abandonando o animal.

As imagens foram divulgadas nas redes sociais. Não demorou muito a surgirem comentários definindo o ato como de crueldade, e críticas à falta de fiscalização sobre esse tipo de transporte na cidade, que possui inclusive um estacionamento exclusivo para os carroceiros no Centro da cidade, onde os tutores garantem tratar bem os seus animais.

Plantonistas da Delegacia Regional da Polícia Civil informaram que o tutor do animal estava sendo procurado para prestar esclarecimentos sobre a morte do burro, todavia, até a publicação desta edição nenhuma queixa formal ou denúncia anônima sobre essa ocorrência havia sido registrada na delegacia.

Fonte: Diário do Sertão

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.