Motorista de app é bloqueado após relatar durante corrida em Salvador (BA) que matou 9 gatos

Motorista de app é bloqueado após relatar durante corrida em Salvador (BA) que matou 9 gatos

Um casal soteropolitano foi surpreendido pelo relato de um motorista do aplicativo de transporte 99 Pop durante uma corrida na última segunda-feira (28). O condutor do carro, que foi filmado pelos passageiros enquanto fazia o relato, afirmou que, junto com um vizinho, envenenou e matou nove gatos de uma outra moradora do prédio em que vivia.

A conversa começou depois que os dois passageiros embarcaram no veículo com dois animais de estimação, um cachorro da espécie pitbull e um gato. Ao ver os animais, o motorista começou a contar sobre o episódio, e a passageira decidiu fazer o vídeo durante o trajeto, gravando o relato.

Dona de sete gatos e um cachorro, a moça, que preferiu não se identificar, falou ao Bahia Notícias sobre a indignação que sentiu ao ouvir a história. Ela disse ainda que informou ao aplicativo o que aconteceu, mas não teve resposta até o momento.

Para a advogada especialista em direito dos animais, Bruna Holtz, a conduta do motorista é considerada crime de maus tratos pela Lei de Crime Ambiental, Artigo 32, e a pena pode ser agravada no caso da morte de animais.

A orientação de Holtz é de que em casos como esse, em que as pessoas escutam relatos de maus tratos, o ideal é procurar uma delegacia e prestar um boletim de ocorrência.  “E entregar à autoridade policial, que é o delegado, a filmagem que é a comprovação, o meio de prova, para que o delegado investigue o caso”.

Para concluir a denúncia, a pessoa precisa de informações do suspeito. Neste caso, o casal deve solicitar à empresa informações do motorista, como nome completo e CPF. A advogada advertiu que caso haja resistência do aplicativo em fornecer dados, a denunciante deve fornecer o meio de comunicação da ferramenta à autoridade policial, e o delegado vai entrar contato com a empresa para que ela forneça as informações necessárias. 

“Com base nessas informações, já que foram duas pessoas que ouviram, eles vão testemunhar contando o que ouviram, como se sentiram, a motivação dele ter contado esse crime violento, e a autoridade policial vai entrar em contato com ele e provavelmente ao decorrer da investigação o delegado vai ouvir o criminoso e depois vai entrar com um queixa-crime”, explicou Bruna Holtz.

Ao Bahia Notícias, o aplicativo de transporte afirmou que recebeu a denúncia da passageira, que a empresa lamenta a situação “e está buscando contato com ela para oferecer o suporte necessário”.

A 99 ainda afirmou que o comportamento do motorista vai contra os Termos de Uso do aplicativo e por esta razão o condutor foi “preventivamente bloqueado da plataforma”.

Por fim, a empresa ainda destacou que motoristas e passageiros que tenham vivenciado qualquer situação de desconforto devem reportar para a empresa, por meio do aplicativo ou pelo telefone 0800-888-8999.

Fonte: Bahia Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.