Motorista de van atropela cachorro e sai sem prestar socorro, em Presidente Prudente, SP

Caso em Presidente Prudente foi registrado como ‘fuga do local de acidente’. Tutor do animal alega que a mulher nem sequer saiu do veículo. 

Um empresário de 30 anos alega que seu cachorro foi atropelado por uma motorista de van, que saiu do local do acidente sem prestar socorro ao animal. O caso foi registrado nesta sexta-feira (9), na Delegacia Participativa de Presidente Prudente, como “fuga do local de acidente”, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro.

O empresário disse à polícia que o atropelamento foi na Rua Carlos Gargantini. Consta no boletim de ocorrência, que a van Kia Besta, placas de Presidente Prudente, era conduzida por uma mulher, que informou apenas seu primeiro nome.

O homem alega que ela atropelou o animal de porte médio, parou o veículo – que faz o transporte escolar – e se recusou a descer para prestar socorro ao cão. Ela saiu do local sem dar mais informações e o empresário anotou a placa do veículo, que foi passada para a Polícia Civil.

Ainda segundo o BO, o cachorro foi socorrido por um médico veterinário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O homem afirmou também que o tratamento custou R$ 280.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.