ES Sooretama motorista assaltado bicho-preguica

Motorista é assaltado ao ajudar animal a atravessar BR-101 em Sooretama, ES

Ele viajava com a família para São Mateus, quando viu bicho-preguiça. Ambientalistas disseram que 3 animais são atropelados por dia na região.

Por Ariele Rui

Um motorista foi assaltado ao parar para ajudar um bicho-preguiça, no trecho da BR-101 que corta a Reserva Biológica de Sooretama, no Norte do Espírito Santo, no último mês de abril. Ele viajava com a família para São Mateus, quando viu o animal tentando atravessar a pista, parou e foi cercado por assaltantes.

“Nós estávamos parados, eu e minha família, para socorrer um animal e fomos abordados por ladrões armados que roubaram o carro e levaram tudo. Eles nos deixaram sem nada, numa situação muito difícil”, falou Taciano Bonatto Costa.

Segundo ambientalistas da reserva, por dia, cerca de três animais vítimas de atropelamento são encontrados por dia, ou seja, em um mês, quase 100 bichos são atropelamento na região.

“Chegando aqui, a gente vai dar os encaminhamentos necessários. Vai ver se o bicho tem condição ou não de voltar para a natureza. Tendo condição, a gente faz a soltura imediata, se não, a gente vai procurar um médico veterinário, um centro de recuperação para que o bicho tenha os cuidados adequados”, falou o ambientalista Marcel Ridling.

Para o funcionário da reserva de Sooretama, o segredo é respeitar o limite de velocidade da pista. “A gente adotou uma série de medidas ao longo do tempo para tentar reduzir o impacto dos atropelamentos sobre a fauna, como a questão da redução da velocidade no trecho, a sinalização, com as placas educativas e informativas, a faixa dupla em todo o trecho. São medidas que objetivam diminuir esses problemas”, destacou.

A Eco 101 disse que estuda a possibilidade de criar uma equipe para resgatar animais na pista. A concessionária recomenda que, ao avistar o animal, o motorista reduza a velocidade, deixe o animal seguir o curso e comunique a Eco 101 ou a Polícia Ambiental.

Fonte: G1

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.