Foto: reprodução

MP denuncia maus-tratos e prática de canibalismo entre animais do canil de Sousa, PB

O canil municipal de Sousa, localizado no Sertão da Paraíba, foi interditado pela Justiça por causa de denúncias feitas pelo Ministério Público sobre maus-tratos aos animais.

Diante das péssimas condições no local, estaria também havendo a prática de canibalismo entre os animais no canil.

Durante entrevista concedida a uma emissora de rádio nesta quinta-feira (10), o delegado da Polícia Civil, Ilamilton Simplício, ressaltou que não foi identificado nas investigações nenhum crime contra os animais.

– Foi interditado pelo Ministério Público, mas na interdição não se concluiu que houve crime. A questão é mais infração administrativa. Agora, realmente, as condições do canil e de atendimento aos animais não eram boas não. Só havia um veterinário e o veterinário não tinha registro para um determinado tipo de cuidado dos animais. Por este motivo, era necessário ter mais um veterinário e com a especificação técnica para cuidar desses animais- concluiu.

Fonte: Paraíba Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.