Animal está recebendo tratamento — Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Mula que havia sido abandonada em terreno baldio é adotada por voluntária e ganha nome: ‘Fartura’

O animal que havia sido abandonado em um terreno baldio de Taquaralto, em Palmas, TO, está se recuperando. A mula foi encontrada nesta quarta-feira (21) por moradores da região sul de Palmas. Ela estava debilitada e não conseguia se levantar, mas nesse sábado já deu os primeiros passos. O animal será adotado por uma das voluntárias e já ganhou nome: Fartura. “Nesse caso o amor venceu”, disse uma estudante. (Veja o vídeo)

VÍDEO: Cavalo que estava abandonado recebe cuidados e ganhará um novo lar

Sem ajuda do pode público, o animal foi retirado do terreno baldio e levado para uma chácara no perímetro urbano de Palmas, onde recebe cuidados de alunos e de um veterinário. Todos se sensibilizaram com o sofrimento do animal e se tornaram voluntários.

Os estudantes acreditam que a mula seja idosa e que tenha sofrido maus tratos e exploração. A estudante de medicina veterinária, Diandra Ferreira disse que o animal está recebendo os cuidados necessários. “A gente já deu a ração dela com alguns nutrientes por que ela estava muito fraca. Vamos dar a alimentação e os medicamentos que ela precisa nesse momento”, explicou.

Preocupada com a recuperação do animal, a estudante Márcia dos Santos diz que evita deixar a mula sozinha. “Ontem a noite eu vim visitá-la, saber se tinha água e se ela estava bem. Tem alunos que moram aqui perto e ficam observando”, informou.

Larissa Leandro disse que no primeiro momento todos ficaram decepcionados, “mas depois de ver a ação de todo mundo, a maioria das pessoas se empenhando em resgatá-la, em deixar em melhores condições você fica com o coração mais aliviado”, disse.

O aposentado Leonor Rodrigues ficou encantado com a dedicação dos voluntários. “Acho bonito quem tá cuidando dele. Quem tem carinho”.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.