Mulher bondosa passou 14 meses tentando ganhar a confiança de uma gata abandonada na tentativa de salvar sua vida

Mulher bondosa passou 14 meses tentando ganhar a confiança de uma gata abandonada na tentativa de salvar sua vida

Há mais de 70 milhões de animais abandonados vivendo nos Estados Unidos atualmente, e cerca de 70 por cento dos quais são gatos – e os números estão crescendo a cada dia. Estima-se que em seis anos uma gata possa reproduzir naturalmente até 400.000 gatinhos!! Esse número assombroso é só o começo para explicar quantos gatos vivem à margem da sociedade humana.

Com sua natureza naturalmente independente, muitos gatos sem donos rapidamente se tornam selvagens, rejeitando qualquer contato humano. Mas, às vezes, se você tiver sorte, você pode ganhar a confiança desses animais, dando início a uma amizade especial que o faça sentir-se privilegiado.

Esta é a Blondie. Ela foi vista pela primeira vez vivendo entre as amoreiras de uma rua sem saída perto de uma loja de departamentos. De longe, ela se parecia com uma linda leoa.

Muitos animais que vivem nas ruas são animais de estimação abandonados que perderam suas casas e a fé no ser humano. A vida nas ruas não é fácil para os animais. Eles têm que encontrar sombra e abrigo onde quer que eles sejam capazes.

Esta gata era muito tímida e estava mostrando todos os sinais de ter tido uma vida difícil.

Em pouco tempo, a gatinha começou a ficar curiosa. Finalmente, a gata começou a sair do meio das árvores e se aproximar da sua admiradora, que também levava comida!

Fotos: Imgur

Logo, ela foi ficando bastante confortável, saindo apenas para passar o tempo com esta paciente senhora.

Finalmente, ela deixou a mulher acariciá-la! Ela levou 14 meses para estabelecer esse nível de confiança.

De perto, era óbvio que essa pobre garota estava precisando de alguns cuidados veterinários. Talvez ela nunca tenha visto um veterinário em toda sua vida!

No início, ela parecia pensar que a mulher traiu a confiança com esta gaiola de metal assustadora.

Mas logo ela relaxou enquanto esperavam para ver o veterinário.

Infelizmente, esta história não tem um final feliz. Aconteceu que Blondie estava sofrendo de uma doença terrível chamada peritonite felina. Apesar de todos os melhores esforços do veterinário, não havia mais nada a fazer. Blondie morreu poucos dias depois de ter finalmente chegado ao seu novo lar.

Algumas vezes, um ato de bondade pode salvar uma vida. Outras vezes, só pode fazer um final de vida melhor. Descanse em paz, Blondie.

Por  Latrice Harrison / Tradução de  Elisângela Gomes da Silva

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.