Mulher com pitbull adota gato maltratado e essa foi a reação do pitbull

Mulher com pitbull adota gato maltratado e essa foi a reação do pitbull
Foto: Bored Panda

Todos os filmes e desenhos geralmente retratam o gato como o inimigo mortal número 01 dos cachorros. Mas quem conhece verdadeiramente esses animais sabe que não é bem assim. Vai depender da interação entre eles, do histórico deles, da criação, se eles já tiveram contato um com o outro, etc. Uma infinidade de fatores pode contribuir para o resultado dessa interação. Foi justamente isso que uma mulher dos Estados Unidos descobriu recentemente.

Phoebe Gill é uma mulher de 24 anos, que ficou tocada a ver uma imagem na internet. A imagem era uma foto de um gato pelado, com um dos olhos costurados. Phoebe sabia que deveria adotar aquele animal.

“Ela tinha um ferimento no olho, que poderia ter sido curado com remédios. Mas o último dono não a levou para o veterinário”, leu Phoebe, ao pesquisar a história do animal. A fêmea felina aparecia no post da pessoa que a resgatou. “Quando o ferimento ficou pior, o dono desistiu da gatinha. O veterinário a acolheu e fez a cirurgia para remover o olho machucado, que estava danificado demais para ser recuperado”.

mesmo assim, Phoebe só viu a beleza na pobre gatinha. “Eu me apaixonei à primeira vista, e a trouxe pra minha casa”, disse Phoebe.

Só havia um problema: Phoebe tinha uma pitbull, e não sabia como ele reagiria à gata, nem como a gata reagiria à imensa cachorra.

Porém, acabou que não havia nada com o que se preocupar. Stitch (nome dado à gata) se sentiu em casa em pouco tempo. E, aparentemente, Alaska (a pitbull) a aceitou muito bem. A dupla se tornou inseparável.

“Antes, Alaska me seguia pra todo lugar, até para o banheiro e para o banho. E agora, as duas me seguem. Elas comem juntas, dormem juntas, brincam juntas, e tudo o mais. E eu tenho certeza de que, se Stitch pudesse brincar do lado de fora, elas até iriam fazer cocô juntas”, disse Phoebe.

Por Lucas Fenrir 

Fonte: Ultra Curioso

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.