Mulher denuncia envenenamento de cão em Cuiabá (MT) pela vizinhança

Mulher denuncia envenenamento de cão em Cuiabá (MT) pela vizinhança

Clarice Valéria denunciou através das redes sociais a morte da sua cadela de estimação por possível envenenamento no último dia 18 de janeiro, no Bairro Novo Paraiso, em Cuiabá. Uma vizinha avisou Clarice que o animal teria ingerido veneno de rato e estava passando mal. Enquanto tentavam reanimar o animal, um vizinho chegou afirmando que um gato tinha acabado de morrer com os mesmos sintomas.

Clarice estava dormindo em sua residência quando uma vizinha a chamou para falar que tinham jogado veneno de rato para a cadela dela e que ela estava morrendo. “Quando eu vi ela já estava com a língua preta, espumando e tremendo as pernas, foi muito rápido, não deu tempo de dar nada para ela”, relata.

Ela conta que adotou a cadela há cinco anos e nunca imaginou que perderia o animal dessa forma. “Eu estou muito triste, a minha cadela era muito querida. Quando ela deu cria e dei o filhote para a minha vizinha, ela falou que a dela também estava assim e conseguiram dar o remédio, agora ela está viva, mas a minha se foi”, afirma.

Clarice deverá registrar boletim de ocorrência para que a Polícia Civil investigue o caso.

Envenenamentos em Alta Floresta

Desde o início de janeiro, moradores de vários bairros de Alta Floresta (792 Km de Cuiabá), procuraram a polícia para denunciar o envenenamento dos animais de estimação. Pedaços de carne foram encontrados dentro dos quintais onde os animais morreram. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Cuiabá, recebeu as amostras para identificar se contém alguma substancia venenosa e qual seria. Até o momento já foram relatadas as mortes de 30 cães e um gato, ninguém foi preso. A Polícia Civil está investigando o caso.

Causar maus-tratos a animais é crime ambiental previsto do artigo 32 da Lei 9605/98 “leis dos crimes ambientais”, com agravante de aumento de pena em caso de morte da espécie. Qualquer informação que leve ao paradeiro de quem estaria praticando o envenenamento dos animais, podem ser repassadas via 190 ou 197.

Por Thaís Fávaro

Fonte: Olhar Direto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.