Mulher denuncia maus-tratos contra aves do Espelho d’Água, em Paranaíba, MS

Mulher denuncia maus-tratos contra aves do Espelho d’Água, em Paranaíba, MS
Animais estariam sendo atacados por adolescentes. (Foto: Arquivo/JPNews)

No final da tarde desta sexta-feira (4), uma mulher que preferiu ter sua identidade não revelada denunciou ao JPNews maus tratos a animais que habitam o Parque Espelho d’Água, em Paranaíba.

Segundo ela, adolescentes que frequentam o local, principalmente durante a noite, atacam patos. A denunciante diz ter presenciado adolescentes que atiravam pedras e golpes com pedaços de pau e barras de ferro contra as aves.

Além disso, a mulher afirma também ter presenciado pessoas instigarem seus cachorros, durante passeios vespertinos, a atacarem os patos, como forma de “brincadeira” e “diversão”.

O cabo PM Martinez esclareceu que a Polícia Militar recebeu solicitação para ir ao Espelho d’Água para verificação de um caso de maus tratos e que um animal foi encontrado morto. Não havia pessoas no local.

CRIME

Maus-tratos contra animais são classificados como crime pela lei 9.605/98. “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa, prevê o artigo 32.

Por Leonardo Guimarães

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.