Mulher é levada ao tribunal por deixar cães do ‘ex’ passar fome e sede em Portugal

Mulher é levada ao tribunal por deixar cães do ‘ex’ passar fome e sede em Portugal

O Ministério Público de Vila Verde acusou uma mulher de Cervães, Vila Verde, de quatro crimes de maus-tratos a animais de companhia – no caso, a quatro cães pertencentes ao seu ex-companheiro. Tinha-os no quintal de casa e não lhes dava comida e água nem lhes limpava as fezes. A GNR foi lá, em março de 2019, e teve de levar os animais, gravemente subnutridos, ao veterinário. Só não morreram porque os vizinhos os foram alimentando às escondidas.

O caso foi conhecido a 3 de março de 2019. Após uma denúncia da Associação de Defesa dos Animais e do Ambiente de Vila Verde uma patrulha da GNR foi à casa onde vivia Christen Feteira, de 30 anos, natural do Luxemburgo, e onde estavam cinco cães, quatro deles “subnutridos, maltratados, com sinais de abandono, sem água nem comida, e a carecer urgentemente de tratamento veterinário”.

Fonte:  Head Topics / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.