Mulher é multada em R$ 9 mil por maus-tratos a animal em Votuporanga, SP

Mulher é multada em R$ 9 mil por maus-tratos a animal em Votuporanga, SP

Por Paola Munhoz

sp votuporanga multada1

Nesta semana, a Polícia Ambiental de Votuporanga multou em R$ 9 mil uma moradora do Jardim Boa Vista, após denúncias de maus-tratos registradas pela Sociedade Protetora dos Animais de Votuporanga (Spavo).

De acordo com o que o vice-presidente da Spavo, Leonardo Brigagão, mais conhecido como “Chandelly” escreveu no seu perfil em rede social, a tutora ficou uma semana viajando e deixou sua cachorra e mais dois filhotes em péssimas condições: sem alimentação, água e quintal sujos, amarrada e todos doentes.

Segundo informações de vizinhos, quatro filhotes haviam morrido e foram enterrados por um morador, um dia antes da Spavo chegar ao local. Quem atendeu o caso foi o vice-presidente e voluntário da ONG, Chandelly, juntamente com o médico veterinário Dr. Dherick Wansa, da Clínica Animavetus.

Eles foram até o endereço indicado e imediatamente chamaram a polícia. Em seguida, foi solicitada a presença da perícia que também esteve no local para tirar as fotos que serão anexadas ao processo.

A cadela e os filhotes foram retirados da situação de maus-tratos e levados ao veterinário por pessoas que se comoveram com o caso e adotaram os animais. Além da multa de R$9 mil aplicada pela Ambiental, a mulher responderá por crime ambientais, conforme a Lei Federal 9.605/98 Artigo 32.

Fonte: Região Noroeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.