Mulher é presa após deixar cachorro em ‘pele e osso’ em SC

Mulher é presa após deixar cachorro em ‘pele e osso’ em SC

Uma operação conjunta entre o Grupo de Operações e Resgate (GOR) e as protetoras em ação de Itapema, na tarde desta sexta-feira (02), culminou na prisão de uma mulher por maus-tratos a um animal. A ação ocorreu no bairro Morretes, especificamente na rua 450, após denúncias recebidas pelos grupos de proteção animal.

Ao chegarem ao local, os integrantes do GOR se depararam com uma cena desoladora: um cão em condições extremamente precárias, apresentando um quadro severo de debilidade, além de estar infestado por parasitas e com múltiplas feridas pelo corpo.

Diante da urgência da situação, o animal foi imediatamente resgatado e levado em estado grave para uma clínica veterinária conveniada, onde receberá os cuidados necessários.

Divulgação
Divulgação

A Polícia Militar foi prontamente acionada e efetuou a prisão da responsável pelo animal. A mulher foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil de Itapema para que fossem tomadas as medidas legais cabíveis.

O caso reitera que maus-tratos contra animais configuram crime, sujeitando seus autores às penalidades previstas em lei.

Fonte: Michel Teixeira

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.