Mulher é presa por abandonar filhote de gato dentro de ‘coin locker’ em casa comercial

Mulher é presa por abandonar filhote de gato dentro de ‘coin locker’ em casa comercial

A polícia da província de Kanagawa enviou documentos ao escritório de promotoria sobre uma mulher de 30 anos que reside na cidade de Kamakura sob suspeita de violar a Lei de Proteção Animal após ela ter abandonado um filhote de gato dentro de um coin locker (armário que funciona com moedas).

De acordo com a polícia, a mulher colocou o filhote no coin locker de uma instalação comercial em Ofuna, na cidade de Kamakura, por volta das 19h45 de 10 de dezembro, divulgou o jornal Sankei.

O filhote de gato, que tinha cerca de 3 meses, estava vivo e dentro de uma gaiola quando foi encontrado no dia seguinte por um pedestre que ouviu barulhos vindos do armário.

Funcionários do centro de controle de desastres da instalação abriram o coin locker por volta das 16h.

A polícia disse que encontrou a mulher após analisar imagens de câmera de vigilância. A mulher disse à polícia que um colega de trabalho deu o gato à ela uma semana antes, mas sua família não a deixaria ficar com o animal, então ela não conseguiu pensar em outra maneira para se livrar dele.

A empresa de gestão do prédio buscou alguém para cuidar do filhote e ele foi levado por um casal em Yokohama.

Mulher é presa por abandonar filhote de gato dentro de 'coin locker' em casa comercial

Fotos ilustrativas

Fonte: Japan Today via Portal Mie

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.