Mulher é presa por manter ossadas de cachorros, aves e peixes mortos em chácara

Mulher é presa por manter ossadas de cachorros, aves e peixes mortos em chácara
Divulgação

Em uma operação chocante, a Polícia Civil de Barra Velha, no norte de Santa Catarina, prendeu uma mulher de 37 anos nesta quarta-feira (5 de julho), acusada de maus-tratos a animais. A chácara onde a mulher residia, um local anteriormente alvo de ação policial por conter carros furtados e desmanchados, foi descrita como um cenário de desolação.

No local, foram encontrados vários animais em condições de extrema vulnerabilidade. Entre eles, um cachorro que mal conseguia ficar de pé, sem acesso a água ou comida e visivelmente debilitado. Outros dois cães de raça foram encontrados trancados em um viveiro, igualmente malnutridos e necessitando de cuidados urgentes.

O terreno também abrigava várias espécies de animais exóticos, além de ossadas de cachorros e aves, sugerindo um histórico de negligência e crueldade. Peixes mortos foram encontrados em uma lagoa na propriedade e uma piscina olímpica abandonada adicionava à cena de abandono.

A mulher residente na chácara foi presa em flagrante e os animais sobreviventes foram recolhidos para atendimento veterinário. A Polícia Civil está investigando o caso e reforça a necessidade de denunciar casos de maus-tratos a animais.

O incidente destaca a questão urgente do bem-estar animal em Santa Catarina, mostrando a importância de legislação mais rigorosa e fiscalização eficaz para proteger os animais de situações de negligência e abuso.

Por Matheus Carvalho

Fonte: Jornal Razão