Mulher pega o caminho errado e termina salvando a vida de um golfinho

Mulher pega o caminho errado e termina salvando a vida de um golfinho

Por Stephen Messenger / Tradução de Pâmela Miler

Na maioria das vezes, uma rota errada equivale a um pouco mais que uma inconveniência – mas neste caso, salvou uma vida.

No último dia 29, Lorraine Culloch e seu parceiro, Mike Roberts, estavam no caminho de volta para casa após fotografarem orcas na costa de Aberdeen, Escócia, quando o sistema de navegação do carro os enviou para o caminho errado em direção à entrada de um rio.

Foi quando Culloch viu algo à distância – um golfinho encalhado em águas rasas.

Em vez de simplesmente retornarem o carro e continuarem em seu caminho, Culloch e Roberts fizeram o oposto: Eles saíram para ver se o animal ainda estava vivo.

Ela estava – embora a julgar pelas bolhas em sua pele por estar fora da água, não estava claro quanto tempo mais ela iria durar.

“Nós chamamos a polícia, o BDMLR – British Divers Marine Life Rescue (Resgate de Vida Marinha dos Mergulhadores Britânicos – BDMLR) e a SSPCA (Sociedade de Prevenção à Crueldade Animal da Escócia)”, contou Culloch ao The Dodo. “Eles vieram e assumiram o comando.”

Escocia mulher salvando vida golfinho2

Culloch ficou ao lado do golfinho, enquanto que as equipes de resgate trabalhavam para mantê-la confortável. Uma vez que a água era muito rasa durante a maré baixa para tentar movê-la, eles usaram toalhas para manter sua pele úmida.

“O golfinho parecia ciente de que nós estávamos lá para ajudar”, disse Culloch. “Ela ficou muito calma o tempo todo.”

Escocia mulher salvando vida golfinho3

Embora Culloch e as outras equipes de resgate fossem rápidas em agir para manter o golfinho vivo, retorná-la para o mar levaria muito mais tempo. Levando em conta que a entrada era praticamente intransitável, eles teriam que esperar quase metade de um dia até a maré a subir.

“Nós ficamos lá por 10 horas, até um pouco depois 4 da manhã”, disse Culloch.

Foi quando finalmente o momento chegou.

Escocia mulher salvando vida golfinho4

Nas primeiras horas da manhã, enquanto Culloch olhava, a equipe de resgate levou o golfinho de volta para águas mais profundas. De início, o animal parecia desorientado, mas logo encontrou seu caminho.

“Quando ela recuperou a sua força, nadou para fora da baía”, disse Culloch. “Ela estava nadando forte. Isso era um bom sinal.”

Escocia mulher salvando vida golfinho5

Culloch certamente não tinha planejando passar toda a noite no lugar onde horas antes havia se perdido, mas ela ficou agradecida que sua desorientação terminou com um resultado tão feliz.

“É um grande sentimento poder dar a este golfinho uma segunda chance”, disse ela. “Todos os envolvidos nesses resgates são pessoas maravilhosas.”

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.