Mulher acusada de ter sexo com cão aguarda por sentença atrás das grades

Jenna Louise Driscoll, uma traficante de 27 anos, que admitiu ter relações sexuais com o seu cão, vai esperar pela sentença, que será ouvida na segunda-feira, atrás das grades.

A mulher foi hoje presente a tribunal onde ouviu o juiz dizer-lhe que os atos que cometeu são “repulsivos e contra a ordem natural” das coisas.

Esta terá, ainda, admitido ter ferido uma pessoa com um garfo, agredido uma criança e traficado canábis.

Os atos sexuais foram descobertos depois de a polícia, que estaria a investigar a mulher por suspeita de tráfico de droga, ter descoberto os vídeos das relações sexuais com animais no seu telemóvel.

O seu advogado de defesa alega que Jenna terá sido obrigada pelo namorado a fazê-lo.

A mulher, que chegou hoje cabisbaixa ao tribunal de Brisbane, passará o fim de semana na prisão à espera de saber qual o seu destino.

Mantida a grafia lusitana original.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.