(Foto: Reprodução/Facebook/Veja SP)

Mulheres são flagradas arrastando cães para abrigo superlotado no Texas, EUA

Animais de estimação são muito mais inteligentes do que imaginamos. Ann Flores estava visitando um abrigo em Houston, no Texas, Estados Unidos, recentemente quando viu uma cena de partir o coração – e que confirma a percepção aguçada dos bichinhos.


Ann visitou o local porque o seu amigo queria adotar um cachorro, mas, antes que eles pudessem entrar no estabelecimento, a jovem notou que uma mulher estava arrastando seu cachorro de estimação do estacionamento até o abrigo para animais. O mascote claramente sabia que ele estava sendo abandonado e não estava disposto a abrir mão da tutora sem uma boa luta. “Ele deitou e rolou no chão“, Ann contou ao site The Dodo. “Foi como se ele estivesse pedindo ‘por favor, não me leve até lá“, contou a jovem.

Surpreendentemente, havia uma outra mulher no estacionamento fazendo exatamente a mesma coisa com outro cachorro. Ann registrou as cenas tristes com seu celular e ficou com muita raiva ao ver a reação das mulheres ao estresse dos mascotes: “As duas estavam puxando-os, mas os cachorros não se mexiam. Elas tiveram que pegá-los no colo, porque eles não se moviam. Eles não queriam entrar no abrigo para animais“, contou a jovem. “Elas não se importavam. Elas estavam apenas gargalhando e dando risadinhas porque os cachorros não se moviam. Para elas, era como se elas estivessem jogando lixo. Não havia remorso, nada“, contou Ann.

Ann enviou os cliques para voluntários que trabalham para realocar cachorros e gatos. As fotos foram publicadas na internet com um pedido para ajudar os cães abandonados pelas mulheres, que se chamam Truman e Mandi. Neste caso, o tempo era crucial: o abrigo para animais estava lotado e as mascotes corriam o risco de ter a vida abreviada se um lar ou abrigo não fossem encontrado a tempo.

O pedido para ajudar os cachorros funcionou: Truman e Mandi encontraram novos donos a tempo. As duas mascotes ainda enfrentam desafios para superar o passado traumático, mas estão fazendo um bom progresso. Agora, eles recebem o amor e carinho de que tanto precisam. Confira:

Fonte: Veja 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.