Cortar o rabinho dos cães pode causar problemas de saúde — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Mutilar rabo de cachorros é crime e ainda pode causar paralisia de outros membros do animal

Cortar o rabo e as orelhas de algumas raças de cães foi considerado comum durante muitos anos por causa da estética, mas há mais de dez anos essa prática é considerada um crime. Esse tipo de mutilação pode prejudicar a saúde do animal, além de ser uma crueldade com os bichos. (Veja vídeo)

VÍDEO: Mutilar rabo de cachorros pode levar a paralisia de membros do animal

A Isabele foi resgatada das ruas há dez anos. Hoje ela é cercada de carinho e não dá trabalho nenhum, mas tem um detalhe: ela não tem o rabinho. O membro foi cortado tão curto que a cadelinha teve até uma infecção.

“Eu encontrei ela perto do meu trabalho, no centro, e ela estava perto de um supermercado e eu vi que estava sangrando o rabinho. Eu peguei e vi que realmente ela estava com uma infecçãozinha porque o ossinho estava para fora”, disse a Françoase Nunes, voluntária da ONG Amiguinhos de 4 Patas.

A cadela recebeu muitos cuidados e atenção. “Se não tivesse tido esse cuidado de limpar, de usar o medicamento, de seis em seis horas, de oito em oito horas, realmente ela teria perdido a vidinha dela porque eles são sensíveis. Eu achei ela com 60 dias, filhotinha.”

Outros dois animais resgatados pela voluntária chegaram à mesma situação, com o rabo decepado. É através desse membro que eles se comunicam, demonstrando alegria ao receber o carinho do dono e até medo. Cada posição da calda é uma mensagem.

A mutilação já foi considerada muito comum e parte do visual de algumas raças, mas isso não faz nada bem para os animais, pois o rabo é uma extensão da coluna vertebral.

“O rabo é um prolongamento da calda. Então, quando nós cortamos a calda do animal nós estamos fazendo uma injúria a uma continuidade da coluna deles. Nós temos então a possibilidade de ter uma infecção por conta desse corte, principalmente se não for feito de forma asséptica. Tendo contaminação da própria coluna e levando a gravidades maiores, levando à infecção do canal medular, que podem levar à paralisia dos membros de trás do cachorro e eventualmente à morte”, explica o veterinário Isaac Avelino.

Só que ver um cachorro sem o rabinho pela rua não significa que ele tenha sido vítima de maus-tratos. Isso porque alguns cães nascem sem a calda.

O veterinário explica que o rabo é o meio que o animal expressa as emoções. “Os cães mostram a felicidade, uma das maneiras, é com o abanar dos rabinhos. Quando está triste deixa o rabinho pra baixo, quando está com medo coloca entre as pernas e quando está feliz chacoalha o rabinho quando você chega em casa”, explicou o veterinário.

A mutilação dos rabinhos é considerada crime pela lei de crimes ambientais. O autor pode ser preso de três meses a um ano, além de pagar multa.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.