“Não sabemos mais onde recorrer”, diz protetora sobre envenenamento de animais nas ruas da Grande Vitória, ES

“Não sabemos mais onde recorrer”, diz protetora sobre envenenamento de animais nas ruas da Grande Vitória, ES

O último caso aconteceu em Itapoã, quando foram encontrados chumbinho escondido em rações. Por conta disso, oito animais da mesma rua morreram.

Os casos de envenenamento de animais nas ruas da Grande Vitória têm se tornado cada vez mais frequente. Nos últimos meses o jornal online Folha Vitória recebeu reclamações de moradores dos bairros Arraças e Itapoã, em Vila Velha, e Jardim Camburi, em Vitória, sobre comidas com veneno deixadas nas calçadas. Segundo as pessoas que moram nessas regiões, vários cachorros acabaram morrendo.

O último caso aconteceu em Itapoã, quando foram encontrados chumbinho escondido em rações. Por conta disso, oito animais da mesma rua morreram envenenados. Os tutores dos animais estão revoltados e redobrando os cuidados com os seus bichinhos de estimação.

De acordo com uma protetora de animais, que preferiu não ser identificada por medo de represálias, as pessoas já não sabem mais para quem recorrer. “Nós fazemos denúncias na polícia sobre os casos, registramos ocorrência, mas nada é feito. Não há punição para essas pessoas. Não sabemos mais que caminho seguir e onde recorrer”.

Por trabalhar com animais, a protetora disse que é normal que as pessoas a procurem para pedir ajuda. “Nós ficamos de mão atadas. Direcionamos essas pessoas para que procurem a delegacia, mas como nada é feito nos sentimos no papel de palhaço. Já sofri denúncias por alimentar animais de rua e tive que parar, mas quem coloca veneno para eles não é punido”, destacou.

Denúncia

ES Vitoria envenenamento animais rua2

Segundo a Polícia Civil, é importante que os donos dos animais que sofreram com o envenenamento formalizem as ocorrências para que a polícia tome conhecimento de todos os fatos, o que pode ser feito em qualquer Distrito de Polícia. As denúncias também podem ser feitas anonimamente pelo 181, ou em caso de flagrante, deve-se acionar a Polícia Militar pelo 190.

Se comprovado o envenenamento, de acordo com a Polícia Civil, o caso pode se configurar como maus-tratos a animais e o autor do crime será autuado no artigo 32, da lei 9.605/98, pegando de três meses a um ano de detenção, além do pagamento de multa.

Conscientização

ES Vitoria envenenamento animais rua3

Os maus-tratos de animais são feitos de várias formas. Além dos venenos, vários são presos em correntes, ficam sem comida, são abandonados nas ruas e também acabam atropelados. Assim eles são recebidos em vários abrigos do Estado.

Para ajudar esses locais a manterem os animais, o Espírito Santo solidário lançou uma campanha para arrecadação de ração. Todas as doações serão destinadas a abrigos capixabas e podem ser feitas em qualquer unidade das farmácias da Rede Farmes os da Rede Show Supermercados.Saiba mais! 

Fonte: Folha Vitória

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.