No AM, 30 quelônios são resgatados e servidor é multado em R$ 70 mil

No AM, 30 quelônios são resgatados e servidor é multado em R$ 70 mil

Tartarugas foram retiradas de Unidade de Conservação no interior do estado. Animais seriam comercializados; homem responderá processo em liberdade.

AM Tapaua tartaruga

Um servidor público, de 44 anos, foi detido no município de Tapauá, distante 500 km de Manaus, durante fiscalização realizada na tarde da terça-feira (2). Aproximadamente 30 tartarugas e 42 ovos de quelônios foram encontradas com o suspeito.

Os animais foram apreendidos na Unidade de Conservação do Abufari, uma área de proteção ambiental que abriga espécies em extinção. Os quelônios seriam vendidos no comércio ilegal de animais exóticos. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito terá que pagar uma multa no valor de R$ 70 mil.

Segundo informações da Polícia Civil, a apreensão teve apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Polícia Militar do município.

“A área de proteção ambiental é bastante visada pelos chamados piratas de animais. Como temos conhecimento disso, realizamos patrulhamentos diários na unidade para coibir a ação desses criminosos e já vínhamos investigando o local, pois é uma área onde as tartarugas desovam”, informou o delegado Osman Nasser, por meio de assessoria.

O servidor público deverá ser indiciado no crime de dano à fauna. Ele foi liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e responderá ao processo em liberdade, segundo a Polícia Civil.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.