No Canadá, empresa despede empregado por maltratar animal; vídeo

No Canadá, empresa despede empregado por maltratar animal; vídeo

CANADA doberman 1409677346313 Image galleryImage A multimillionaire CEO wh

Uma empresa canadense despediu o CEO por ter agredido um cão doberman, a violência contra o animal foi registrada pelas câmaras de vigilância de um elevador.

CANADA doberman 1409677264251 wps 5 https www facebook com ceA companhia fornecedora de alimentos Centerplate despediu ao seu diretor executivo, Desmond Hague, que teve que renunciar ao seu posto trabalhista depois de que o vídeo saísse à luz e se realizasse uma investigação para esclarecer a conduta imprópria do trabalhador que “involucrou o mau-trato de um animal sob o seu cuidado”, segundo publicou CNN.

As imagens gravadas captaram a Hague dando patadas a um filhote de Doberman “e levantando-o pela correia de forma que ficou pendurando pelo pescoço “no elevador de um edifício da citada empresa, em Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá.

O então trabalhador pediu perdão pela sua conduta e assegurou que se deveu a um momento de frustração que sente muito e se “envergonha profundamente”.

A intenção da empresa não foi dispedi-lo, em um primeiro momento, senão pôr-lhe em um período de prova que incluía uma doação da sua parte de 100.000 dólares para inaugurar uma fundação contra o mau-trato animal e realizar “1.000 horas de serviço comunitário em uma organização que procura proteger o conforto e a segurança dos animais”.

No entanto, a pressão daqueles que viram o vídeo reclamava a demissão de Hague, pois algumas entidades asseguraram publicamente que iam revisar o seu contrato com Centerplate devido à conduta de um dos seus membros de pessoal.

Depois de que o vídeo saísse à luz, a Sociedade para a Prevenção da Crueldade para os Animais se involucrou no caso, e o portal Change.org arrecadou quase 193.000 empresas a favor da defesa animal.

Da sua parte, o presidente da junta diretiva de Centerplate, se desculpou publicamente, e assegurou que “nem aprovam nem passarão por alto o abuso aos animais”.

Fontes: Notimérica | Global News | Daily Mail

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.